Texto teatral - A SAGRADA FAMÍLIA - para 30-12



A SAGRADA FAMÍLIA
Lucas 22, 41-52
de Emílio Carlos


JOCA – (entra) Oi pessoal!

CLARINHA – (entra) – Oi pessoal!

JOCA – Oiiiiiiiiii!

CLARINHA – Oi!

JOCA – De novo: Oiiiiiiiii!

CLARINHA – Oi Joca! Oi !

JOCA – Sabe Clarinha: eu queria saber mais sobre a Sagrada Família.

CLARINHA – Como é que é, Joca?

JOCA – É que eu sempre escuto falar da Sagrada Família... mas eu não sei o que
é.
CLARINHA – Sabe sim, Joca.

JOCA – Clarinha: eu não conheço a Sagrada Família.

CLARINHA – Claro que conhece, Joca.

JOCA – Então me explica!

CLARINHA – A Sagrada Família é...

JOCA – Quem? Quem é?

CLARINHA - ...Jesus, Maria e José.

JOCA – Puxa, eu não sabia! É que nem no presépio então?

CLARINHA – Exatamente.

JOCA – Puxa, que legal!

CLARINHA – Sabe Joca: a família é tão importante, mas tão importante, que
Jesus nasceu numa família.

JOCA – Eu adoro a minha família!

CLARINHA – Eu também!

JOCA – E eu também adoro a Sagrada Família.

CLARINHA – É Joca: Deus gosta muito das famílias. Por isso nós também
nascemos em uma.

JOCA – Então precisamos amar nossa família, viver em harmonia com todos.

CLARINHA – É isso mesmo, Joca. A Sagrada Família é um exemplo para nós.
Jesus sempre obedeceu a sua mãe, sabia?

JOCA – Que legal!

CLARINHA – Maria e José amavam Jesus, e Deus os abençoava.

(Entra cartaz – ou quadro – com ilustração da Sagrada Família. Música)

JOCA – Jesus, Maria e José!

CLARINHA – A Sagrada Família!

JOCA – Que beleza! Gente: isso me deu uma ideia! Vou dar um beijo na minha
mãe.

CLARINHA – E eu vou abraçar o meu pai!

JOCA – Quem estiver com o pai, a mãe, ou alguém da família aqui na igreja vai
lá e dá um abraço bem forte neles, tá bom?

CLARINHA – Mas tem que ser agora, né Joca?

JOCA – É, agora. Sem correr, tá bom?

CLARINHA – Eu também estou indo.

JOCA – Capricha no abraço!

CLARINHA – Tchau pra vocês!

JOCA – Tchau!

(Os dois saem. Música enquanto as crianças abraçam as famílias. FIM)


www.lojinhacriancacatolica.com.br