PROCURA-SE UM PADRE

Procura-se um padre
que explique a Palavra de Deus
com o mesmo amor que Jesus explicava;
que ensine o caminho para Deus
como Jesus ensinava;

um padre que habite o confessionário
que leve a sério os nossos pecados
que dê conselhos para que a gente não erre mais
e dê a penitência que a gente merece;
que fale de indulgências,
respeite e divulgue todo o tesouro da fé
que a nossa Igreja possui.

um padre que leve as pessoas para Deus
e não para ele mesmo;
que não queira ser artista, não queira ser Bispo,
nem queira ir para uma paróquia maior,
mas que se sinta feliz por estar aqui com a gente
e que entenda que foi aqui que Deus o colocou
porque é aqui que Deus o quer;

um padre que olhe para a assembleia
e sinta-se responsável por esse rebanho
(pequeno ou grande, não importa)
e veja que esse é o rebanho que Jesus deu pra ele tomar conta,
e do qual ele vai prestar contas pra Jesus;

que elogie o que a gente faz certo,
e corrija com amor nossos erros,
que entenda que padre significa pai
e que nós somos seus filhos;

um padre que diga na homilia o que deve ser dito
para o bem espiritual de todos nós,
que não seja psicólogo, ou acusador, ou político, ou humorista,
mas seja um pastor que mostra o caminho ao seu rebanho;

que nos ensine como escapar das armadilhas do demônio,
que ame tanto a Deus que nos faça amar mais à Deus,
e que ame tanto Jesus Eucarístico
que a gente veja que não pode viver sem a Eucaristia;

Procura-se um padre
que queira dar sua vida por Jesus,
que abrace a missão que Jesus lhe deu
e que entenda que se ele está aqui
é porque Deus quis que ele estivesse aqui;

um padre que trate bem o pessoal das pastorais,
que seja sensível aos dramas das pessoas,
que nos ajude a ser melhores,
que nos incentive a rezar,
que nos faça querer participar da igreja.

Procura-se um padre que reze a liturgia das horas,
e que nos incentive a rezar também;
que reze o terço mariano, adore o Santíssimo,
e nos incentive a adorar também;
que reze sempre por nós e pela Igreja,
pela conversão dos pecadores e pelas almas do purgatório;

que divulgue as suas devoções
e respeite todas as devoções dos fiéis e da Igreja;
que entenda que todos os dons e carismas
são de Deus e para Deus,
e assim nos oriente sempre na vida espiritual.

Procura-se esse padre
que não perdeu o sentido do seu chamado com o passar do tempo
mas que se perder volte atrás e busque rapidinho
pra que a gente não perceba
e continue lá na frente liderando seu rebanho para o céu.

Procura-se um padre,
procura-se um pai espiritual
que faça tudo pela sua própria salvação e pela nossa
e que depois, quando chegar na porta do céu,
diga assim para São Pedro:
- Olha: eu ainda não vou entrar ainda porque estou esperando
meus filhos espirituais chegarem. 
Então eu vou ficar aqui rezando por eles, 
até que meu último filho e minha última filha cheguem aqui.






www.tvnossasenhoradefatima.com